10 de setembro de 2014

No ciclo eterno das mudáveis coisas*






Porto, Amarante, Lisboa, Angeiras - Verão 2014


Não, é que vivo em eterna mutação, com novas adaptações a meu renovado viver e nunca chego ao fim de cada um dos modos de existir. Vivo de esboços não acabados e vacilantes. Mas equilibro-me como posso, entre mim e eu, entre mim e os homens, entre mim e o Deus.

- Clarice Lispector, in Um sopro de vida -


Regressei, como prometido, com a luz dourada de Setembro. Volto com a esperança renovada, com novidades e uma vontade imensa de sugar a vida até ao tutano. O medo existirá sempre, assim como o meu mar, eterno porto de abrigo e guardião de sonhos. É nele que deposito todas as minhas angústias, com a certeza de receber em troca a calma necessária para seguir em frente. 

Falta-me ainda o meu Reino Maravilhoso, neste Verão que se vai despedindo a cada pôr-do-sol dourado. Se o mar é a minha bússola, Trás-os-Montes é o meu astrolábio - ambos são essenciais ao norteamento da minha vida.


*Ricardo Reis

2 comentários:

Blanche Cérise disse...

Gostava tanto de ter tido um verão que me permitisse regressar ao trabalho recuperada da vontade de continuar a dar aulas. Aqui nos Alpes o verão é coisa difícil de aparecer (bem, este ano por aí também...) por isso estive todo o mês de julho numa modorra esquisita e o início das aulas não foi nada fácil...
Ainda estou à espera de um fim de semana de passeio que me dê um estímulo tão necessário!
Bom regresso, querida Mar* :) e beijos para ti

Mar* disse...

O meu Verão também não foi mesmo nada de especial - nem vou falar do clima e da falta de dias (e noites!) quentes. No entanto, há um somatório de pequenas coisas que me ajudaram a reunir a força necessária para seguir em frente. Em breve tentarei postá-los por aqui, mais como pequenas notas mentais para o futuro do que outra coisa.

Espero que consigas esse esperado fim-de-semana de passeio o mais rápido possível e que os próximos tempos te sejam mais suaves e, se não soalheiros, pelo menos luminosos.

Um beijo para ti e vou ficar à espera de fotografias das tuas aventuras pelos Alpes ;)