4 de janeiro de 2012

Novo ano.



A vida, não sendo nova, continua. E vai-se renovando, dia após dia, numa teimosia constante de quem acredita que melhor é possível. Sempre.

     * Há qualquer coisa nesta melodia que me acalma e me devolve a uma parte de mim mesma que está, demasiadas vezes, adormecida.

1 comentário:

naomemandeflores disse...

Bela canção, não conhecia esse vídeo.


Camila Faria